terça-feira, junho 12, 2007

My Land


Como sou?
Quem sou?
Poucos me compreendem,
ainda menos me conhecem
como sou...
E há partes de mim
Que eu própria desconheço.
Tentei desenhar-me,
uma vez,
mas os lápis tremiam-me nas mãos.
Tentei pintar-me,
como ao meu mundo,
mas nenhum pincel
me deu a precisão exacta.
Do que tentei
em muito falhei...
E, agora sei
o quão difícil é
compreender alguém
confuso e sonhador
como eu...

Pic by_adenomay

18 comentários:

madrugada disse...

Brilhante.

gasolina disse...

É dificil confrontarmo-nos...Por isso é tão corajoso deixarmos que entrem no nosso "território".
Muito bonito.

Bj.

Reflexos da Alma disse...

Com o Tempo e com aprendizagem , reflexões, meditação e contemplação....aprendemos a conhecer os meandros mais profundos de nós mesmos , mas somos sempre um universo por descobrir em permanencia ....
Gostei da abordagem ;)
Beijo

Lu@r disse...

Talvez a injustiça dos pensamentos errados te confundam, mas do pouco que conheço és um ser excepcional, maravilhosa e encantadora.

Basta ler as tuas palavras.

"Tu completas-me."

Beijo doce

carteiro disse...

Mas as tuas palavras são-me altamente autobiográficas. A confusão e o sonho são inseparáveis e imparáveis. O sonho é tão viciante... mas o que seria de nós sem o sonho?

Para ti, como sonhadora, achas mais fácil compreender os outros, que não sonham tanto? Eu cá penso que não... somos estranhos uns para os outros. O mais importante é que precisamos na mesma uns dos outros, talvez mesmo porque vemos o mundo de modo diferente.

Putty Cat disse...

É difícil ver a alma no espelho.

Eu tenho uma dificuldade tremenda em me ver.

Gostei! Identifico-me tanto com este teu escrito.

Beijo

foryou disse...

Como sou? Quem sou?
Nunca o saberemos na totalidade, não é?!

M@ri@ disse...

Quando gostamos das pessoas não importa como são...
porque aceitamos a sua forma de ser...
Beijo doce

Lu@r disse...

Ana

Fiz-te uma brincadeira no meu blog para que sintas que para mim és uma amiga querida e muito especial.

Espero que não te importes.

Beijo bem doce

Diamante Negro disse...

ola
obrigado pela visita
lindo tua escrita
saudades das tuas visitas
desejo de um dia maravilhoso
beijokas

ivirus disse...

és como és, não n é preciso compreender quando se sente: obrigado pela nomeação miga, acabei por nomear de novo este blog :-) k adoro . prometo vir aqui com mais tempo postar um coment á altura ;-)

jinhos

Freyja disse...

Querido Ana

En el blog de freyja http://www.freyja.cl/blog/
He dejado un post el AWARD DO CUPIDO, estas nominado ante este gran honor amiga, hablas de amor, te envuelves en el y vives para el amor
Te dejo muchos cariños y que estes muy bien
Besitos

Besos y sueños

©Freyja

Ana disse...

Menino Ivo...
Obrigada amigo. Muach!

Brain disse...

Ana,

Não tem de ser necessariamente assim...
Acredita que não!

Quem sabe um dia acordas,
E as palavras serão tão fáceis,
O risco do lápis tão certo,
As cores do pincel tão vivas!
Quem sabe...

Acredita!
Eu acredito!
Eu sei!

Beijo.

Jardim Proibido disse...

Há momentos em que não nos entendemos...

Claudia Perotti disse...

A gente se esconde da gente mesmo.
Beijinhossss

Catarina disse...

Está excelente :)
Bom fim de semana *

Dias... disse...

Sempre achei estranho pretendermos que nos compreendam quando "nós" proprios não nos compreendemos.

Mais um belo Poema miuda

Beijo