quinta-feira, junho 21, 2007

Forças de atracção


Há corpos que se encontram
Como se as suas almas os puxassem
com uma força imbatível.

O corpo dele,
meio moreno.
O dela branco,
quase cor de porcelana.

Naturalmente foram-se descobrindo
e a cada encontro se tornavam pirilampos
mais mágicos que os de contos de fadas
e mais luminosos que as estrelas.

Há uma linha invisível
que mantém os seus corpos unidos
e duas auras coloridas
que se abraçam ternamente.

Ele sem saber dela,
viu-a.
Ela, sonhando com ele,
descobriu-o.

Pic by_stanb

9 comentários:

ivirus disse...

vim aki de novo dar uma espreitadela e... UHAU!... fico sempre surpreso com os teus poemas, super expressivos e de uma simplicidade tão lógica... este, akele Clear as smoke signs in a tornado, my land, cá e lá, e etc... Fabulosos! n tenho visitado muito os blogs, mal tenho tempo para escrever no meu. mas valeu...=D

jinhos

Dias... disse...

"Ele sem saber dela,
viu-a.
Ela, sonhando com ele,
descobriu-o."

Gosto do Poema, mas este "remate" está incrivel, um pouco acima de tudo o bom que o antecede.

Parabéns e Beijo

Putty Cat disse...

Ás vezes é mesmo assim...

Não lhe acrescentaria nem uma virgula!

Lindo!

Lurdes disse...

Olá Ana!
Dei uma espreitadela a todos os teus blogs e decidi agradecer a tua visita aqui neste. E porquê? Porque para além de este ser um texto lindo, tem uma imagem perfeita a acompanhar! Imagem essa que me fez viajar até um passado não muito distante... o branco e o moreno... sabe bem essa mistura!

Beijinhos

Jardim Proibido disse...

E tudo acontece como por magia...
Lindo!

Beijinho.

Reflexos da Alma disse...

Olá Ana !

Simplesmente Gostoso e Mágico !!!!

Uma finalização de suspiro ...rsss

Simplesmente Adorei !!

Um Beijo grande e votos de um Bom fim de semana !!!

pin gente disse...

doce, terno
amor é...

bejo

JPAnunciação disse...

Depois de ler este poema, só uma frase me invade:
"O sensível é invisível ao olhar!"

Muito bom!

Um beijo.

POETA VAGABUNDO disse...

fazer amor...
beijo vagabundo