sexta-feira, maio 18, 2007

Sharyma



CAPÍTULO I

Um raio de sol chega a atingir temperaturas incalculáveis, com o simples propósito de trespassar as nuvens e abraçar todos os planetas. Velocidade alucinante aquela que consegue ultrapassar o ritmo desenfreado de uma "cidade" em constante movimento e mutação.

Poucos os notam, perdidos no seu mundo de néons e últimas modas e tecnologias. São uma oferenda aos que conseguem olhar para além dos edifícios, para além da vida computorizada do quotidiano deste pequeno Grande espaço no planeta Terra.

Estamos em Tóquio.

Considerado como o centro da maior região metropolitana do mundo, conhecida como Região Metropolitana de Tóquio-Yokohama. Cerca de um quarto de toda a população do Japão vive aqui. Vemos uma explosão de cores e movimentos no sítio onde nem a noite parece dormir. Sempre apressados, como se os dias e as noites não fossem suficientes para as suas tarefas. Terminam umas quando já têm outras tantas à espera de realização, concretização.

Tudo com pressa, mesmo os sorrisos esboçados e os olhos rasgados por cores reluzentes.

3 comentários:

Joshua disse...

Belas postagens e sentido fino da escrita. Gostei de ter encotrado o teu blogue, Ana. Vem e visita-me também no meu PALAVROSSAVRVS REX.

Freyja disse...

a veces la cuidad atrapa y nos perdemos en ella
mil gracias amiga linda por estar cerca y tener tu compañia
hay momentos de la vida que nos gustaria ser un hada y darle mas magia a la vida
mil besitos y que estes bien
una linda semana y muchos cariños
besitos


besos y sueños

ivirus disse...

vim aki dar uma saltada a ver se ja tinhas dado continuidade a um dos teus contos :-) adoro este blog e uhau, surpresa!!! esta historia, Sharyma, promete, tinha adorado a sinopse, estava mm à espera:-) votos para que continues com essa expressividade apurada( pa malta continuar a ter estas surpresas) abraços amiga