quarta-feira, maio 13, 2009

It'S a questiOn of lOve



O amor abre ¿e cerra? as minhas interrogações.


Fragile
Like a baby in your arms
Be gentle with me
I'd never willingly
Do you harm

Apologies
Are all you seem to get from me
But just like a child
You make me smile
When you care for me
And you know...

It's a question of lust
It's a question of trust
It's a question of not letting
What we've built up
Crumble to dust
It is all of these things and more
That keep up together

Independence
Is still important for us though (we realise)
It's easy to make
The stupid mistake
Of letting go (do you know what I mean)

My weaknesses
You know each and every one (it frightens me)
But I need to drink
More than you seem to think
Before I'm anyone's
And you know...

Kiss me goodbye
When I'm on my own
But you know that I'd
Rather be home



[Depeche Mode]

7 comentários:

Fada disse...

Hoje não é um bom dia para dissertar sobre o amor...

Ainda estou a pensar no outro sentimento mais básico, o do desejo... :p

beijitos e amei a aranha apaixonada!

Spectrum disse...

(como laranjas agudas sobre um chão de metáforas in.florais)
Beijo.TE

MSL disse...

I love you :)

Rafeiro Perfumado disse...

Isso é só para fazer inveja do concerto, confessa... RAUF!

nOgS disse...

Fada,
ah! apanhei-te! Usaste a palavra amor duas vezes:P
Eu também não, my dear... e sim, para a imagem, é uma delícia mesmo.

Spectrum,
cheiro as flores de laranjeiras que aguardam temporadas mais doces.

MSL,
love you too!
Miss you, my lovely and dear friend!

Rafeiro,
até podia ser, mas ainda são poucos os que sabem que vou. Além disso daqui até Novembro tenho tempo de sobra para isso. E terá mais piada meter nojo quando os bilhetes já estiverem esgotados, ahahahaha! (riso diabólico).
Já agora, ainda há bilhetes para o Porto caso não te apeteça vir até cá vê-los com a jove;)

No entanto não foi, há coisas assim... surgiu-me essa música a tocar na banda sonora do meu peito quando escrevi esta frase... Porque será? :P



BeijOs!!!

nOgS disse...

Rafeirooo,

PS: Ainda ninguém votou no tema que escolheste, TOMA:P

diana disse...

O amor há-de sempre estar no início e no fim das mais fortes interrogações.