domingo, janeiro 11, 2009

ZerO hOras


Tenho, na minha garganta, um segredo por te gritar
Que me queima por dentro e me faz acreditar:
No dia em que souber que o meu mundo acabou
Vou soprar-te esta verdade e perguntar-te quem eu sou.

Na madrugada em que, por um acaso, nos encontramos à beira-rio, soube nos teus olhos que tinhas o mesmo segredo.

Entre passos de fantasma e restolhar de alucinação,
Pergunto-me se me segues enquanto corro na escuridão.
Se és a droga que me inebria e o dedo do destino,
Prende-te à minha loucura e corre no desatino...

... comigo. Seremos loucos e sozinhos.

Passos acelerados: daqui à morte, uma pulsação!
Elevemo-nos na noite e façamo-nos turbilhão.
Beija-me, agora que morro, antes que te tenha tempo de te soprar
A verdade de que sou feita e antes que te possa perguntar...

...Quem sou eu?

Deitámo-nos lado a lado e existimos, ao mesmo tempo, no coração do mundo. Fomos a Meia-Noite do dia seguinte que nunca nasceu.

Somos o mesmo, tu e eu.
A linha do horizonte.
Céu e Mar que se tocam.
Somos o arrepio gelado numa madrugada de Verão.
O último sonho da manhã.
O silêncio da cidade na hora de ponta.
Somos os anos.
O bater do coração de um morto.
O estagnar das horas.
Somos o cigarro que nunca se acende.
O preto.
O branco.
Somos cinzento.
A memória.
Eternos e efémeros.

Somos para sempre até ao momento em que para sempre paramos de ser.
E acalmamos o grito. E abraçamos o nada.

E fomos. E somos.



Texto original daqui


7 comentários:

★ Aralis ★ disse...

!!! Lindo!

O amor e desejo inspira-nos e muito.
jkas

inv3rs0 disse...

que bonito avatar tens tu pah...

Rafeiro Perfumado disse...

Porque é que tem de ser à noite, ou de madrugada? Já viste bem o frio que está? Ainda te constipas, jove...

nOgS disse...

Aralis,
i absolute agree:)

Inv3rs0,
ai é, pah?
Merci:P

Rafeiro,
porque os gatos vêem melhor de noite e eu sou uma perfeita felina:)
Mas sim, a gripe apanhou-me algures aí pelo meio. She really got me, she really got me, she really, really got meee!

BeijOOOs

bARAUJO disse...

"e fomos. e somos." e serão...

parabéns!

beijo terno

nOgS disse...

Baraújo,
O futuro é sempre incerto.

Obrigada pelos parabéns, mas o texto não é meu. Despertou-me o que está escrito tão sublimamente.

BeijO

ZezinhoMota disse...

Somos tudo
aquilo que queremos ser
e não somos nada...

Não somos ninguém!

Do nada
voltamos
a ser pó...

Nesse entretanto
sonhamos, sonhamos
e somos tudo...

Bjnhs

ZezinhoMota