segunda-feira, março 31, 2008

A tua voz na primavera


Manto de seda azul, o céu reflecte
Quanta alegria na minha alma vai!
Tenho os meus lábios húmidos: tomai
A flor e o mel que a vida nos promete!


Sinfonia de luz meu corpo não repete
O ritmo e a cor dum mesmo beijo... olhai!
Iguala o sol que sempre às ondas cai,
Sem que a visão dos poentes se complete!

Meus pequeninos seios cor-de-rosa,

Se os roça ou prende a tua mão nervosa,

Têm a firmeza elástica dos gamos...


Para os teus beijos, sensual, flori!
E amendoeira em flor, só ofereço os ramos,
Só me exalto e sou linda para ti!

Florbela Espanca

Pic1: blue fabric on air by_josemanchado

Pic2: japanese_porcelain_by_alaya

Pic 3: fairy_love_by_alaya

6 comentários:

Oliver Pickwick disse...

Florbela Espanca e fotografias deliciosamente sensuais. Sinto feromônios no ar. Parece que a primavera lhe contagiou.
Beijo-te!

LNeves disse...

Adorei a primeira foto :)

***MUAH***

Å®t Øf £övë disse...

Ana,
A Florbela Espanca consegue transmitir-nos espectaculares mensagens através das suas palavras.
Bjs.

Baraújo disse...

florbela espanca, impossível ser-se indiferente...

quero deixar uma palavra de apreço pela tua "legião" de blogs, todos eles diferentes e todos eles mostrando uma parte de ti...

e se em todos demonstras o teu enorme bom gosto pelas leituras... e a atenção pelos pequenos pormenores nelas demonstrados, também é verdade que as imagens também são imensamente bonitas... em todos eles...

além disso, és incapaz de disfarçar um pingo sequer do maravilhoso mundo primaveril em que te encontras... mas, para quê disfarçar? se só apetece cantar aos quatro ventos o que se sente?

beijo terno

ZezinhoMota disse...

Bonita poesia e belas imagens.

Bjnhs

ZezinhoMota

Martim disse...

este poema é algo de extraordinario...simplesmente lindo...beijos ou abracos:)